Author Archive NANDO007

Fernando Lima

Iniciei meu trabalho com cães na Força Aérea Brasileira, onde fiz meus primeiros cursos na área de adestramento e educação canina, daí por diante não parei mais.  Depois de muitos cursos no Brasil tive a oportunidade de me especializar na Europa quando ingressei no Exército Francês, foi muito rico o aprendizado pelos países que passei como França, Espanha e Bélgica onde pude conhecer a origem de muitas raças e técnicas que foram desenvolvida com o passar de milhares de anos no trabalho com cães. 

  Também tive a oportunidade de fazer um trabalho voluntario na Escola de Cães Guias de Paris, uma experiência muito gratificante que vou levar para vida toda. 

  Na França pude me especializar na área de segurança e busca de explosivos, onde cão e homem trabalham juntos por um propósito maior, além de me aprofundar mais na área de psicologia canina que sempre foi minha paixão. 

 Hoje tenho por missão  dividir com você um pouco do meu conhecimento e apresentar meu método de aprendizado canino Adestramento Por Instinto, onde juntei várias técnicas que aprendi com o passar dos anos para desenvolver um método rápido, fácil e eficiente, baseado somente nos instintos do cão na natureza e utilizando a psicologia canina como base para ensinar, sem nenhum tipo de violência ou punição.

 Espero com isso melhorar ainda mais sua relação com seu melhor amigo.

Sete coisas que irritam os cães e você faz sem saber

Nem sempre tudo que fazemos agrada o nosso melhor amigo. É preciso entender como os cachorros pensam quais suas necessidades e o que os costuma irritar. Para termos um bom relacionamento com nossos amigos de quatro patas, veja algumas dicas nesse artigo do especialista em comportamento canino e adestrador Nando Lima, de sete coisas que irritam os cães que você faz sem saber. Veja o que mais odeiam nossos amigos de quatro patas:

1 – Gritos, ruídos e cheiros fortes

Donos de uma audição excepcional, os cães ouvem 5 vezes mais que os humanos, além de possuírem uma percepção muito maior que a nossa para vibrações. Por isso todo som alto, barulho de aspirador, motos etc.

os irritam. lembre-se: você não precisa gritar com seu cão.

Assim como a audição, o olfato canino é mil vezes maior que o nosso. Então, cheiros fortes para nós, como produtos de limpeza e perfumes, são realmente desagradáveis para ele. Opte por usar perfumes suaves no seu cãozinho para que ele não saia correndo para se rolar na grama tentando se livrar daquele odor.

2 – Conversar muito sem usar linguagem corporal

Todos nos conversamos com nossos cães, ate aí tudo bem. O problema é falar em excesso sem usar linguagem corporal. Não esqueça que os cães não falam nosso idioma, apenas assimilam algumas palavras curtas a certas ações ou objetos.

O correto é falar através de gestos para que nosso amiguinho não fique chateado ou nervoso por não entender o que estamos transmitindo. Certamente os cães podem sentir nossas emoções básicas, mas fazem isso através da linguagem corporal, tom de voz e energia que transmitimos, nunca pela linguagem corporal.

3 – Energia negativa e brigar sem o cão saber o porquê

Há dias que estamos muito estressados ou mal-humorados e acabamos transmitindo negatividade para o cão, ou quando damos alguma bronca por alguma besteira que eles tenham cometidos. Eles recebem toda aquela energia negativa e ficam tristes e chateados sem saberem o porquê.

O ideal é não repreender o cão depois de ter passado muito tempo do ocorrido e nunca ser agressivo. Os cães esquecem muito rápido e há técnicas mais eficientes para ensiná-los.

E SE VOCÊ PUDER ADESTRAR SEU CÃO EM CASA PELO PREÇO DE UMA PIZZA???

4 – Mudar a rotina ou passear com pressa

Os cães gostam muito de seguir uma rotina, comer no mesmo horário, passear no mesmo horário e fazer o mesmo percurso durante o passeio. Quando mudamos por algum motivo essas coisas, eles ficam agitados e irritados por saírem fora do cronograma da sua vida de cão.

5 – Carinho em excesso, dar tapinhas na cabeça

Abraçar é um comportamento dos primatas, cães colocam as patas em cima do que querem dominar. Por isso, quando os abraçamos, alguns tentam escapar, outros mais submissos ficam quietos.

Assim quando os beijamos, para os cães têm outro significado, quando um cão lambe o outro é um sinal de submissão.

Então, um abraço e um beijo pode confundir muito o cão, Afinal queremos dominá-los ou ser submissos a ele? Quando damos tapinhas na cabeça, pode não parecer, mas eles não gostam, ficam bloqueados mentalmente a essas vibrações no crânio. Isso é uma coisa que não fazem entre eles e sentem-se desconfortáveis e confusos.

6 – Banhos em excesso

O que para nós é normal, para os cães pode não ser. Eles gostam de estar limpos, mas do seu jeito. Eles precisam do seu odor natural para se comunicarem com os outros. Cheiros de xampus e perfumes fortes os deixam muito irritado.

O banho em excesso, inclusive, pode fazer mal ao melhor amigo do homem, danificando as camadas de proteção natural da pele, podendo provocar algum problema de saúde. Podemos limpá-los, mas sem excessos.

7 – Vesti-los desnecessariamente ou estar ausente

Quando está frio é claro que você pode colocar uma roupinha para aquecê-los, mas, fora isso, o cão não gosta de estar vestido. Apesar de alguns tolerarem, pode com o tempo causar problemas emocionais e de repulsa.

Os cães nasceram para fazerem parte de uma matilha e viverem em sociedade. Por isso, se sentem muito triste quando ficam sozinhos e ficam nervosos esperando o regresso do dono. Mas o pior é quando o companheiro humano nunca regressa ou pior ainda quando o abandona. Ele nunca vai entender o porquê e irá custar muito para superar.

Então, cuide bem do seu fiel amigo e nunca abandone quem nunca abandonaria você.

CONFIRA NOSSO LIVRO DE ADESTRAMENTO PASSO A PASSO e adestre você mesmo seu cão na segurança e conforto da sua casa  CLICK AQUI

6 Doenças Mais Comuns, Causadas por Rações Comerciais

 

Oferecer ração seca industrializada para os nossos pets facilita muito a nossa vida, isso não tem como negar.

E é muito comum ouvirmos dizer que a ração é o melhor alimento que poderíamos dar para eles, pois ela é completa, balanceada e tem tudo o que ele precisa.

Mas você já parou para pensar que esse tipo de alimento está muito longe da dieta comum dos cães ancestrais?

Nossos bichinhos de estimação foram sofrendo adaptações evolutivas ao longo dos séculos, mas sua dieta sempre funcionou a base de comida naturalmente úmida, variada, predominantemente carnívora e pobre em carboidratos.

E o que estamos oferecendo para eles diariamente? Ração seca que contém cerca de 10% de umidade e que é constituída pelos mesmos poucos ingredientes.

Existem alguns estudos que garantem que esse tipo de alimentação tem causado uma epidemia de doenças crônicas (problemas renais, hepáticos, alergias, diabetes e tumores) em animais cada vez mais jovens.

Confira alguns problemas de saúde que são causados pela ração a seguir.

6 Doenças causadas por ração de cachorro industrializada

    Alergia alimentar

O cão pode ter diarreia, vômito, coceira vermelhidão, descamação e até ferimentos na pele causados pela unha do próprio animal ao se coçar sem parar.

As alergias são causadas pelos aditivos, conservantes, corantes e outras substâncias químicas usadas em rações industrializadas.

    Doenças do trato urinário

As doenças mais comuns do trato urinário são os cálculos, a obstrução da uretra e a cistite. A cistite é mais comum nas fêmeas e a obstrução da uretra nos machos.

Podem estar associadas a diversos fatores e também a uma certa predisposição do organismo do animal. Porém, é mais comum em cães que estão habituados a comer rações de má qualidade com muitos corantes e substâncias químicas que se acumulam na urina do animal criando cristais e cálculos.

    Doenças hepáticas

doenças causadas por ração de cachorro

Doenças hepáticas costumam aparecer com mais frequência em cães mais velhos, em função de um trauma ou até mesmo por conta da hereditariedade.

Porém tem-se observado um aumento de animais jovens apresentando esse tipo de problema e tudo indica que a causa é uma dieta pobre e desequilibrada.

Nesse caso é muito importante alterar a alimentação do seu bichinho e fornecer uma quantidade adequada de nutrientes que contribuam com a regeneração das células do fígado.

    Diabetes

Essa é uma doença que costuma acometer animais com mais de 7 anos, mas vem crescendo a quantidade de animais bem mais novos apresentando os sintomas.

Nesse caso, o mais indicado é alterar a alimentação do se cãozinho cortando os grãos e cereais, sem transgênicos e que possua mais proteínas.

As rações industrializadas são ricas em grãos, em geral transgênicos, por isso acabam aumentando os riscos de desenvolvimento da doença.

    Cardiopatias

Doenças do coração acometem os cães alimentados por rações industrializadas, pois elas são pobres em umidade e mais salgadas. Isso compromete a pressão arterial e facilita o acúmulo de líquidos na cavidade abdominal do animal.

    Obesidade

doenças causadas por ração de cachorro

A obesidade e o sobrepeso é considerada uma doença por si só. A gordura em excesso pode bloquear as artérias e veias e causar diversos problemas de saúde no animal. E esse é um problema que ocorre por conta de alimentação inadequada ou excessiva.

Diante de um quadro tão preocupante, sugerimos que você considere a possibilidade de oferecer uma alimentação mais natural para o seu pet. Mas atenção, oferecer alimentação natural não significa que você vai dar restos de comida para ele.

Para enveredar por esse caminho é preciso conversar com um veterinário especialista e definir quais os melhores ingredientes para compor o prato do seu cachorro.

O seu bichinho vai ter mais saúde a longo prazo, mais energia e vida mais longa.

CONFIRA UMA RECEITA GRÁTIS DE BISCOITO NATURAL PARA CÃES, CLICK AQUI

CÃES QUE SÃO A CARA DE CELEBRIDADES

Você não vai acreditar, mas existem cães que são a cara de famosos, preparamos uma seleção para você dos cães e famosos que são a cara de um o focinho de outro;

    Richard gere 

Samuel L Jacson

Snoop Dog 

Ron Perlman

Mauricio Matar

Putin

Harrison Ford

E AI QUAL VOCÊ ACHOU MAIS PARECIDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO…

7 Sinais de linguagem corporal que os cães expressam e você não sabia o significado

Os cães falam conosco, mas claro que de um jeito diferente. Estudos mostram que os cães podem expressar mais de 100 expressões caninas diferentes. Os cães se comunicam, através de linguagem corporal e expressões faciais, mas podem aprender inúmeros comandos verbais. Veja esta lista de trejeitos, comportamento e linguagem corporal do seu amigo de 4 patas que você não sabia o significado, feita pelo consultor e especialista em comportamento canino, Nando Lima, do Canal Matilha do Bem.

1- Lamber o focinho

Se o seu cão lambe o próprio focinho ou a pata por diversas vezes seguidas, cuidado, isso pode significar que ele está estressado ou incomodado.

Atenção: essas lambidas em excesso podem causar ferimento, e se o cão começar a lamber o chão, tapete ou cama onde deita, a chance é grande de ele estar muito melancólico, estressado ou depressivo. Você deve sair mais para passear, exercitar e brincar com seu melhor amigo. Agora, se o cão começar a lamber o ar do nada, sem explicação, fique alerta, pois ele pode estar com alguma dor e não sabe identificar onde.

2- Bocejar

Se o seu cão esta bocejando muito, fique atento, é sinal que ele está nervoso ou irritado por esperar ou não ter nada para fazer. É comum o cão fazer isso na sala de espera do veterinário por tédio de esperar, por exemplo.

3- Movimento da cabeça e da cauda

Todos sabem que todo o cão balança o rabo quando está feliz, e coloca o rabo entre as pernas quando está com medo.

O rabo pra cima e ereto significa que está dominante tenha cuidado. Mas o que poucos sabem é que quando o cão balança o rabo lentamente para baixo, isso quer dizer que ele não está entendendo o que você quer dizer. Muitas vezes, esse movimento vem acompanhado da cabeça girando lentamente para o lado no sentido horário. Se expresse melhor gesticulando para que ele possa te entender.

4- Piscar os olhos

Se o cão começar a piscar os olhos em excesso ou ficar com os olhos quase fechados te olhando, tenha atenção, ele pode estar com um tipo de alergia procure um veterinário.

5- Colocar a cabeça no seu joelho

O cão está querendo chamar sua atenção para ganhar aquele carinho que só o dono sabe fazer, e vai ser difícil você resistir àquela carinha de anjo que eles são especialistas em fazer, quando querem cafuné.

6- Colocar a pata no seu joelho

Diferentemente da opção anterior, tenha atenção, os cães tendem a pôr as patas em cima do que querem dominar, então ele está desafiando você ou mandando você fazer um carinho ou dar atenção para ele.

Evite problemas futuros de dominância na sua casa, olhe firme nos olhos dele e retire a pata falando a palavra “NÃO”, e o ignore por um tempo.

7- Ficar de costas para você

Assim como quando o cão mostra a barriga pra você, que é a parte mais vulnerável do seu corpo, quando ele dá as costas pra você significa que, ele confia muito em você a ponto de confiar sua própria vida expondo suas fraquezas, observe que dificilmente um cão dá as costas pra alguém.

Agora que você já sabe dessas dicas de comunicação, aproveite ao máximo com seu fiel amigo. #MelhorAmigo #MatilhaDoBem #cachorrada

CONFIRA NOSSO LIVRO DE ADESTRAMENTO PASSO A PASSO e adestre você mesmo seu cão na segurança e conforto da sua casa  CLICK AQUI