6 Doenças Mais Comuns, Causadas por Rações Comerciais

6 Doenças Mais Comuns, Causadas por Rações Comerciais

Rate this post

 

Oferecer ração seca industrializada para os nossos pets facilita muito a nossa vida, isso não tem como negar.

E é muito comum ouvirmos dizer que a ração é o melhor alimento que poderíamos dar para eles, pois ela é completa, balanceada e tem tudo o que ele precisa.

Mas você já parou para pensar que esse tipo de alimento está muito longe da dieta comum dos cães ancestrais?

Nossos bichinhos de estimação foram sofrendo adaptações evolutivas ao longo dos séculos, mas sua dieta sempre funcionou a base de comida naturalmente úmida, variada, predominantemente carnívora e pobre em carboidratos.

E o que estamos oferecendo para eles diariamente? Ração seca que contém cerca de 10% de umidade e que é constituída pelos mesmos poucos ingredientes.

Existem alguns estudos que garantem que esse tipo de alimentação tem causado uma epidemia de doenças crônicas (problemas renais, hepáticos, alergias, diabetes e tumores) em animais cada vez mais jovens.

Confira alguns problemas de saúde que são causados pela ração a seguir.

6 Doenças causadas por ração de cachorro industrializada

    Alergia alimentar

O cão pode ter diarreia, vômito, coceira vermelhidão, descamação e até ferimentos na pele causados pela unha do próprio animal ao se coçar sem parar.

As alergias são causadas pelos aditivos, conservantes, corantes e outras substâncias químicas usadas em rações industrializadas.

    Doenças do trato urinário

As doenças mais comuns do trato urinário são os cálculos, a obstrução da uretra e a cistite. A cistite é mais comum nas fêmeas e a obstrução da uretra nos machos.

Podem estar associadas a diversos fatores e também a uma certa predisposição do organismo do animal. Porém, é mais comum em cães que estão habituados a comer rações de má qualidade com muitos corantes e substâncias químicas que se acumulam na urina do animal criando cristais e cálculos.

    Doenças hepáticas

doenças causadas por ração de cachorro

Doenças hepáticas costumam aparecer com mais frequência em cães mais velhos, em função de um trauma ou até mesmo por conta da hereditariedade.

Porém tem-se observado um aumento de animais jovens apresentando esse tipo de problema e tudo indica que a causa é uma dieta pobre e desequilibrada.

Nesse caso é muito importante alterar a alimentação do seu bichinho e fornecer uma quantidade adequada de nutrientes que contribuam com a regeneração das células do fígado.

    Diabetes

Essa é uma doença que costuma acometer animais com mais de 7 anos, mas vem crescendo a quantidade de animais bem mais novos apresentando os sintomas.

Nesse caso, o mais indicado é alterar a alimentação do se cãozinho cortando os grãos e cereais, sem transgênicos e que possua mais proteínas.

As rações industrializadas são ricas em grãos, em geral transgênicos, por isso acabam aumentando os riscos de desenvolvimento da doença.

    Cardiopatias

Doenças do coração acometem os cães alimentados por rações industrializadas, pois elas são pobres em umidade e mais salgadas. Isso compromete a pressão arterial e facilita o acúmulo de líquidos na cavidade abdominal do animal.

    Obesidade

doenças causadas por ração de cachorro

A obesidade e o sobrepeso é considerada uma doença por si só. A gordura em excesso pode bloquear as artérias e veias e causar diversos problemas de saúde no animal. E esse é um problema que ocorre por conta de alimentação inadequada ou excessiva.

Diante de um quadro tão preocupante, sugerimos que você considere a possibilidade de oferecer uma alimentação mais natural para o seu pet. Mas atenção, oferecer alimentação natural não significa que você vai dar restos de comida para ele.

Para enveredar por esse caminho é preciso conversar com um veterinário especialista e definir quais os melhores ingredientes para compor o prato do seu cachorro.

O seu bichinho vai ter mais saúde a longo prazo, mais energia e vida mais longa.

CONFIRA UMA RECEITA GRÁTIS DE BISCOITO NATURAL PARA CÃES, CLICK AQUI

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *